O Fed pode desencadear uma recessão e rebentar a bolha do mercado


© Reuters.

Investing.com – Nas últimas semanas, têm-se levantado cada vez mais vozes para avisar que o Fed pode ser a fonte de turbulência nos mercados e na economia, se gerir mal o aperto monetário, ou se a sua análise da inflação “transitória” acabar por se revelar errada.

Foi para o último ponto que Mohamed El-Erian, conselheiro económico chefe da Allianz (DE:), alertou na CNBC.

“Estou preocupado com a inflação”, disse ele, acrescentando: “Todos os dias vejo provas de que a inflação não é transitória, e preocupa-me que o Fed esteja a ficar para trás “.

Se o banco central se encontrar nessa posição de atraso, poderá ter de aumentar as taxas de juro e apertar a política monetária mais cedo do que gostaria, o que, segundo ele, poderia conduzir a uma recessão.

“Normalmente acabamos com uma recessão porque temos de travar em vez de tirar lentamente o pé do acelerador, o que penso que vai acontecer”, disse El-Erian.

Também na CNBC, David Roche, presidente da empresa de investimento Independent Strategy, apelidou as atuais avaliações de ações de “bolha”, salientando o risco de que o Fed pudesse ser a causa do seu rebentamento.

“Estas coisas chegam sempre a um fim, e é muito difícil dizer qual será o catalisador para acabar com isto. O catalisador mais provável, na minha opinião, é que o Fed seja obrigado a deixar de dar uma dupla mensagem e comece a falar seriamente sobre o facto de os dias de estímulo monetário adicional e défices orçamentais de financiamento terem terminado”, disse ele.