PM António Costa diz pacote de estímulos da UE ‘suficientemente robusto’ para enfrentar crise


© Reuters.

LISBOA, 15 Jun (Reuters) – O Primeiro-Ministro português, António Costa, disse na segunda-feira que o plano de recuperação da Comissão Europeia, estimado em 750 mil milhões de euros, é robusto e equilibrado o suficiente para lidar com o impacto económico causado pela pandemia de coronavírus.

“A nossa opinião é que a proposta da Comissão é oportuna e inteligente,” disse Costa durante uma conferência de imprensa com repórteres estrangeiros em Lisboa.

“Suficientemente para respondermos a esta crise,” o primeiro ministro acrescentou.

Texto original em inglês: (Reportagem de Sérgio Goncalves e Catarina Demony, em português por Maria Gonçalves; Editado por Patrícia Vicente Rua em Lisboa)