Portugal coloca 1.250 ME ‘bonds’, maturidade 2030 com taxa negativa


© Reuters.

LISBOA, 13 Jan (Reuters) – Portugal colocou 1.250 milhões de euros (ME) de Obrigações do Tesouro (OT), com maturidades em 2030 e 2035 anos, tendo a taxa da maturidade mais curta sido negativa pela primeira vez, anunciou a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública.

Os ‘bonds’ a dez anos foram colocados à taxa média ponderada de -0,012%. No anterior leilão comparável, em Setembro de 2020, a taxa fixou-se em 0,329% e no mercado secundário, o ‘benchmark’ a 10 anos negoceia em 0,02%.

A colocação dos títulos a 15 anos foi feita à taxa média de 0,319%.

O IGCP adiantou que colocou 500 ME no prazo mais curto e 750 ME na maturidade mais longa. O montante indicativo global das duas emissões situava-se entre 1.000 ME e 1.250 ME.

A procura na maturidade mais curta excedeu a oferta em 3,02 vezes, enquanto na mais longa, o rácio ‘bid to cover’ situou-se em 2,55 vezes. (Por Gdansk Newsroom; Traduzido para português por Patrícia Vicente Rua)