Vacina deverá render 15.000 milhões de dólares à Pfizer em 2021


© Reuters. Vacina deverá render 15.000 milhões de dólares à Pfizer em 2021

Pandemia rima com crise económica à escala global, com exceção para as farmacêuticas envolvidas na produção de vacinas anti-Covid.

A norte-americana Pfizer (NYSE:) anunciou que espera fazer 15.000 milhões de dólares – cerca de 12 mil e 500 milhões de euros – em 2021 com as vendas da vacina desenvolvida em colaboração com a alemã BioNTech.

A Pfizer já distribuiu 65 milhões de doses a nível mundial, 29 milhões das quais aos Estados Unidos, que deverão receber outros 200 milhões de doses até maio.

A farmacêutica já se comprometeu também com 300 milhões de doses para a União Europeia, sem no entanto precisar datas.

A Pfizer espera fornecer dois mil milhões de doses em 2021, que deverão representar 25 por cento dos seus rendimentos este ano.

A vacina anti-Covid da Pfizer foi a primeira a ser aprovada para o território europeu, mas a distribuição no bloco comunitário sofreu atrasos devido a alterações no processo de produção.

A BioNTech garantiu esta segunda-feira que estão em vias de poder cumprir todos os compromissos assumidos.